FC Porto

FC Porto apanha em Braga o ‘comboio expresso’ para a Europa

Triunfo ‘suado’ na Pedreira vale aos dragões a terceira posição da I Liga e consequente apuramento direto para a Liga Europa

FC Porto apanha em Braga o ‘comboio expresso’ para a Europa

Triunfo ‘suado’ na Pedreira vale aos dragões a terceira posição da I Liga e consequente apuramento direto para a Liga Europa
FC Porto apanha em Braga o 'comboio expresso' para a Europa
Notícias ao Minuto

18/05/24 22:34 ‧ HÁ 22 HORAS POR CARLOS PEREIRA FERNANDES

DESPORTO I LIGA

OFC Porto deu, ao início da noite deste sábado, formalmente por encerrada a temporada 2023/24 da I Liga, com um triunfo conquistado na deslocação ao Estádio Municipal de Braga, perante o Sporting de Braga, por 0-1, que lhe valeu o terceiro lugar e respetivo apuramento direto para a Liga Europa.

Os dragões jogaram em vantagem numérica durante praticamente toda a partida, fruto da expulsão ‘madrugadora’ de Víctor Gómez, por acumulação de cartões amarelos, mas só em cima do apito final ‘conseguiram ‘desfazer o nó’, naquele que foi o último jogo antes da tão aguardada final da Taça de Portugal, diante do Sporting.

‘Pavio curto’… e discutível

O FC Porto entrou em campo, na Pedreira, mais ‘mandão’, procurando deixar claro que não tinha qualquer intenção de abrir mão da terceira posição, e dispôs, inclusive, da primeira oportunidade, quando Nico González apareceu na grande área, logo ao nono minuto, a cabecear por cima do alvo.

Apenas três minutos depois, teve lugar um dos lances da noite. Apenas quatro minutos depois de ter exibido a Víctor Gómez o primeiro cartão amarelo da noite, Nuno Almeida ‘sacou’ do segundo e expulsou o lateral espanhol, num (discutível) lance dividido com Wenderson Galeno, que deixou os arsenalistas reduzidos a dez unidades.

Daí em diante, os dragões instalaram-se no meio-campo dos homens da casa, mas sem nunca conseguirem criar ‘calafrios’ ao guarda-redes adversário, Matheus Magalhães, de tal maneira que este terminou a primeira parte sem ser obrigado a realizar qualquer defesa, tendo a única ação decisiva sido uma saída aos pés de Galeno.

Ainda antes do apito para o intervalo, eis que houve mais um caso a registar, no Minho. Ricardo Horta caiu na grande área, após um lance dividido com Alan Varela, na grande área azul e branca, provocando protestos por parte dos arsenalistas. No entanto, o árbitro da Associação de Futebol de Algarve mandou jogar.

‘São Matheus’ defendeu quase tudo

A segunda parte começou tal como a primeira terminou. Isto é, com o FC Porto a rondar a baliza do Sporting de Braga… sem efeitos práticos, uma vez que, após cruzamento de Wendell, Evanilson desviou ligeiramente a bola, mas não o suficiente para obrigar Matheus Magalhães a intervir.

Instantes depois, Otávio Ataíde dispôs da primeira real ocasião para desfazer o nulo, quando, assistido por Pepê, viu o remate embater em João Moutinho, e, depois, no poste. Os dragões estavam ‘on fire’, e, de seguida, foi Matheus a brilhar, negando o golo, primeiro, a Pepê, depois, a Francisco Conceição, e, por fim, a Wenderson Galeno.

No entanto, os minhotos recusavam dar-se por ‘mortos’, e, aos 55 minutos, podiam mesmo ter chegado ao golo, não fosse um corte ‘milagroso’ de Wendell, a impedir que um cruzamento rasteiro de Bruma chegasse aos pés de Ricardo Horta. Daí em diante, as oportunidades sucederam-se… mas o marcador só mexeu aos 84 minutos.

Acabado de entrar para o lugar de Francisco Conceição, Mehdi Taremi sacou um passe genial ‘da cartola’ que deixou Wenderson Galeno isolado na ‘cara’ de Matheus Magalhães, tendo este atirado a contar, contra a antiga equipa, para desfazer, de uma vez por todas, o nulo, e sentenciando o resultado final.

Feitas as contas, com este resultado, o FC Porto encerra a época com 72 pontos, o que o deixa no terceiro lugar da I Liga, com quatro pontos de vantagem sobre o quarto classificado, o Sporting, de Braga, e a uns estonteantes 18 pontos do Sporting, um ‘fosso’ há muito não visto, no futebol português.

Momento do jogo: É impossível dizer o que aconteceria se o Sporting de Braga não se tivesse visto em inferioridade numérica numa fase tão precoce do jogo. No entanto, é certo que a expulsão de Víctor Gómez impediu os homens de Rui Duarte de lutarem como pretendiam pelo terceiro lugar.

Onzes

Sporting de Braga: Matheus Magalhães; Víctor Gómez, Sikou Niakaté, Paulo Oliveira, Cristián Borja; João Moutinho, Pizzi, Ricardo Horta; Rodrigo Zalazar, Bruma e Abel Ruiz.

FC Porto: Diogo Costa; Martim Fernandes, Otávio Ataíde, Zé Pedro, Wendell; Nico González, Alan Varela, Pepê; Francisco Conceição, Wenderson Galeno e Evanilson.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso de nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise. View more
Cookies settings
Aceitar
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active
A sua privacidade é importante para nós. É política do Rede Lines respeitar a sua privacidade em relação a qualquer informação sua que possamos coletar no site Rede Lines, e outros sites que possuímos e operamos. Solicitamos informações pessoais apenas quando realmente precisamos delas para lhe fornecer um serviço. Fazemo-lo por meios justos e legais, com o seu conhecimento e consentimento. Também informamos por que estamos coletando e como será usado. Apenas retemos as informações coletadas pelo tempo necessário para fornecer o serviço solicitado. Quando armazenamos dados, protegemos dentro de meios comercialmente aceitáveis ​​para evitar perdas e roubos, bem como acesso, divulgação, cópia, uso ou modificação não autorizados. Não compartilhamos informações de identificação pessoal publicamente ou com terceiros, exceto quando exigido por lei. O nosso site pode ter links para sites externos que não são operados por nós. Esteja ciente de que não temos controle sobre o conteúdo e práticas desses sites e não podemos aceitar responsabilidade por suas respectivas políticas de privacidade. Você é livre para recusar a nossa solicitação de informações pessoais, entendendo que talvez não possamos fornecer alguns dos serviços desejados. O uso continuado de nosso site será considerado como aceitação de nossas práticas em torno de privacidade e informações pessoais. Se você tiver alguma dúvida sobre como lidamos com dados do usuário e informações pessoais, entre em contacto connosco.
  • O serviço Google AdSense que usamos para veicular publicidade usa um cookie DoubleClick para veicular anúncios mais relevantes em toda a Web e limitar o número de vezes que um determinado anúncio é exibido para você.
  • Para mais informações sobre o Google AdSense, consulte as FAQs oficiais sobre privacidade do Google AdSense.
  • Utilizamos anúncios para compensar os custos de funcionamento deste site e fornecer financiamento para futuros desenvolvimentos. Os cookies de publicidade comportamental usados ​​por este site foram projetados para garantir que você forneça os anúncios mais relevantes sempre que possível, rastreando anonimamente seus interesses e apresentando coisas semelhantes que possam ser do seu interesse.
  • Vários parceiros anunciam em nosso nome e os cookies de rastreamento de afiliados simplesmente nos permitem ver se nossos clientes acessaram o site através de um dos sites de nossos parceiros, para que possamos creditá-los adequadamente e, quando aplicável, permitir que nossos parceiros afiliados ofereçam qualquer promoção que pode fornecê-lo para fazer uma compra.

Compromisso do Usuário

O usuário se compromete a fazer uso adequado dos conteúdos e da informação que o Rede Lines oferece no site e com caráter enunciativo, mas não limitativo:
  • A) Não se envolver em atividades que sejam ilegais ou contrárias à boa fé a à ordem pública;
  • B) Não difundir propaganda ou conteúdo de natureza racista, xenofóbica, jogos de sorte ou azar, qualquer tipo de pornografia ilegal, de apologia ao terrorismo ou contra os direitos humanos;
  • C) Não causar danos aos sistemas físicos (hardwares) e lógicos (softwares) do Rede Lines, de seus fornecedores ou terceiros, para introduzir ou disseminar vírus informáticos ou quaisquer outros sistemas de hardware ou software que sejam capazes de causar danos anteriormente mencionados.

Mais informações

Esperemos que esteja esclarecido e, como mencionado anteriormente, se houver algo que você não tem certeza se precisa ou não, geralmente é mais seguro deixar os cookies ativados, caso interaja com um dos recursos que você usa em nosso site. Esta política é efetiva a partir de 22 July 2023 09:13
Save settings
Cookies settings